Sialometria ou teste de fluxo salivar

Autora: Dra. Caroline Morini Calil

A sialometria é um exame que mede a quantidade de saliva produzida num determinado intervalo de tempo. O fluxo salivar é importante para a limpeza da boca uma vez que remove restos alimentares e microorganismos patogênicos. Estes microorganismos contribuem para o surgimento de cáries dentais, infecções e doenças de gengiva. 

Quando a quantidade de saliva não é suficiente o mais comum é o paciente apresentar dificuldade para deglutir, ardência gengival, lábios secos, sentir alimentos aderidos ao dente ao final das refeições e a língua com muita saburra. A saburra corresponde ao acúmulo de placa bacteriana na região posterior da língua. Esta placa pode ter coloração esbranquiçada, amarela ou marrom.

A baixa produção de saliva pode ocorrer em diferentes circunstâncias tais como situações de stress, uso de determinados medicamentos como antidepressivos, antihipertensivos e antihistamínicos, alterações hormonais, alterações de glândulas salivares, radioterapia de cabeça e pescoço e diabetes, entre outras doenças sistêmicas.

Quanto à coloração a saliva deve ser preferencialmente clara e transparente. Muitas vezes pode denotar a presença de sangue ou pus que sugerem uma melhor investigação. Quando qualquer desse fatores está alterado é preciso adequar a saliva novamente na sua quantidade e na sua qualidade. O uso de saliva artifical é apenas em casos radicais como quando o paciente passa por radioterapia de cabeça e pescoço. O uso de saliva artifical apenas reduz o desconforto mas não faz o tratamento da glândula salivar.

Porém o mais comum é fazermos o tratamento com o uso de medicamentos para melhorar o fluxo de saliva, ou seja, tratando o paciente de dentro para fora e fazendo que com que volte a ter sua saliva normal.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no print

Deixe um comentário

Categorias