Perguntas e respostas sobre mau hálito

Autora: Dra. Caroline Morini Calil

O mau hálito já foi chamado de bafo, tem o poder de estragar uma conversa, no trabalho ou namoro gera situação desconfortável, mas nem sempre a halitose aparece por falta de higiene bucal. O ar exalado pela boca contém milhares de odores, que podem sinalizar alterações de saúde.

1. Como alguém pode identificar o próprio mau hálito?

Passando um pouco de saliva no pulso e cheirando após alguns minutos. Se sentir um mau cheiro já tem indicação de procurar ajuda de especialista, que no caso é uma dentista, especialista em halitose. Existem hoje centros de diagnóstico do mau hálito onde há aparelhos capazes de medir a intensidade do cheiro e detectar a causa do problema.

Com esse exame em mãos o dentista é capaz de estabelecer o melhor tratamento para seu paciente.

2. Como contar pra alguém que ele está com mau hálito?

Nem sempre o mau hálito está na boca, pode haver outros fatores do organismos envolvidos também, como diabetes, jejum prolongado por regime, por exemplo. A pessoa que tem mau hálito NÃO PERCEBE O MAU CHEIRO e precisa de ajuda. A melhor forma é sugerir que ele procure ajuda. Se for um familiar, voce deve marcar uma consulta em um centro de diagnóstico e tratamento de mau hálito como se fosse uma consulta normal de dentista. Esta especialista vai incluir na avaliação odontológica o exame de máu halito.

3. Qual é o exame para identificar halito fresco ou mau hálito?

Existia um aparelho chamado halimeter, que foi substituido por outro mais moderno, chamado Oralchroma, onde se coloca um pouco de ar da boca e este aparelho mede quais os gazes causadores do mau cheiro na boca por cromatografia gasosa. É um teste minimamente invasivo que permite o diagnóstico precoce de uma série de doenças através do hálito. Por esse motivo é bastante utilizada como um exame preventivo de rotina por médicos e dentistas.

Através deste exame é possível descobrir se o mau halito é por falta de higiene bocal, metabólico, bacteriano, intestinal, se vem da garganta ou até mesmo se está sendo gerado por problemas nas glandulas salivares.


Tratamento do mau hálito

4- Quais são as doenças causadoras de mau hálito( bafo) ? Quando curamos a doença, curamos a halitose também?

O mau hálito pode indicar um aumento de bactérias na boca. Essas bactérias, além de causar mau cheiro, podem inflamar as gengivas e infeccionar o osso que sustenta o dente. Nesse caso já há um risco potencial de perda dos dentes.

Com relação ao organismo, o número elevado de bactérias causa inflamação e sangramento gengival, podendo provocar uma endocardite bacteriana, parto prematuro, dificuldade de controle do diabetes, lesões musculares recorrentes em atletas.

Por outro lado também temos doenças que podem causar o mau hálito como um diabetes não controlado, alterações no fígado e intestino.

Na boca além da já citada inflamação gengival, podem causar mau hálito: a placa bacteriana lingual, alterações na estrutura das amigdalas e até mesmo o estresse.

Estudos sobre estresse mostram que a quantidade de saliva diminue e que fica mais viscosa, prejudicando sua ação de lubrificação bucal. A depressão também causa as mesmas alterações do stress(ou estresse), e os remédios para depressão também alteram muito a saliva, podendo ser causadores de mau halito.

Há proteínas secretadas da saliva durante situações estressantes que potencializam o desenvolvimento do mau hálito e quando isso ocorre, buscamos ajuda de medicamentos para normalizar a salivação.

Especialista em tratamento de halitose

5. Como procurar tratamento para mau halito? Mau halito tem cura?
A halitose afeta 30% da população mundial e não é problema dos outros, é de todos. Hoje não temos, mas amanha podemos passar por situação de stress e lá vem o mau cheiro na boca.

O importante do tratamento é procurar ajuda de especialista, que geralmente é uma dentista especialista em periodontia, que realiza o exame com o oralchroma, identifica o problema e planeja o tratamento.

Podemos falar em cura do mau hálito sempre que eliminamos a causa do mau odor. Se o paciente continua cuidando da higiene bucal, o mau halito não volta.

Se a causa da halitose for uma outra doença, esta dentista fará o encaminhamento para o otorrino, para o médico da diabetes, para o gastro. O mais importante é ficar claro que quando for tratado por dentista especialista a cura é certa.

Autora: Dra. Carol Calil, especialista em mau hálito

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no print

Deixe um comentário

Categorias