Novo tratamento para bursite e tendinite de ombro

Autor: Dr Fabiano Cunha

As dores no ombro podem vir por causa de esforço no trabalho, mal jeito na academia ou dor após natação, por exemplo. As dores no ombro sempre devem ser investigadas. pois existem varios problemas que começam levemente e vão piorando, o que torna o tratamento cada vez mais difícil.

O que fazer se tiver dor no ombro por mais de uma semana? Primeira coisa é não deixar passar, achando que vai melhorar sozinho. Você pode estar com tendinite do ombro.

Hoje em dia, o ortopedista consegue descobrir o que causa a dor examinando o cliente e iniciar o tratamento o mais rápido possível. Lógico que existem exames, mas mesmo antes de fazer ultrassom ou ressonância do ombro é importante iniciar o tratamento.

A primeira parte  do tratamento de uma dor no ombro é corrigir o que causou a dor. Se você teve dor na academia, corrigir  técnica é importante. Entenda técnica de forma abrangente, desde corrigir movimento, peso, estilo de execução, intensidade e numero de repetições, sempre tem algo que precisa de ajuste. Sempre que possível, procure um personal trainer, vai ser o dinheiro mais bem gasto, pois ele(a) vai corrigir e te orientar, de forma que sozinho(a), você não consegue. Se a dor não melhorar, é muito importanter procurar ajuda do melhor ortopedista de ombro que voce tiver acesso.

Se a dor vem do trabalho, precisa de duas etapas: correção ergonômica e de intervalo para ginastica laboral. É importante que o médico do trabalho seja informado das suas dores e que seja corrigida qualquer problema ergonômico.

Se for da natação, ou outro fator, segue a mesma ordem, primeiro investigar o que está errado e corrigir, depois entra a ajuda do médico e do fisioterapeuta.

Um médico especialista em medicina esportiva e um educador físico podem ser fundamentais para descobrir o que está causando as dores, precisa investigar, pois algumas tendinites e bursites podem piorar muito e atrapalhar o dia e a noite.

A segunda parte é realizar o tratamento com Fisioterapia.  Mais de 80 % das vezes a fisioterapia resolve bursites e tendinites de ombro .

Para aqueles casos que não resolve, existe um novo tratamento, chamado Ondas de Choque. Este tratamento não é choque elétrico, mas sim ondas de impacto, como quando você bate com o dedo na mesa. As Ondas de choque foram inventadas para quebrar pedra no rim. De tão bom resultado, foram testando em outros problemas e viram que também era boa para tendinite de ombro, bursite de ombro, bursite de quadril e esporão no pé, calcâneo.

É uma maquina suíça, que costuma melhorar muito a dor, realizando 1 aplicação por semana, 4 a 5 semanas.

O resultado pode durar um, dois anos, mas lembre-se, depende de corrigir o que causou o problema.
Em nossa clinica dispomos deste tratamento, faça uma visita e experimente os resultados.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no print

Deixe um comentário

Categorias