Mau hálito não tem origem no estômago

Autora: Dra. Caroline Morini Calil

A idéia de que o mau hálito vem do estômago é errada. Os exames de endoscopia não precisam ser indicados ao paciente se o problema/queixa for unicamente a halitose. Antes disso uma avaliação dos gases bucais e um exame clínico odontológico pode ser mais eficiente na busca da solução dos problemas de halitose do paciente.

A halitose é causada normalmente por problemas bucais e os mais freqüentes são inflamação gengival acompanhada ou não de sangramento e placa bacteriana lingual. Ainda dentro dos problemas bucais incluem-se:

Falta de salivação (o que diminui a limpeza mecânica da boca e também reduz as células de defesa que combatem naturalmente as bactérias). Isso pode acontecer devido a medicamentos como anti-depressivos, os que combatem a ansiedade e pressão arterial também, falta de ingestão de líquidos e estresse.

O estresse pode ajudar na formação de mau hálito devido a dois processos: ele diminui gradativamente a saliva e ajuda na proliferação de bactérias produtoras de Halitose. Desenvolvemos um estudo que está em fase de publicação em uma revista canadense onde as bactérias se alimentaram dos hormônios do estresse e aumentaram em número e agressividade. Como combater ? É preciso um tratamento odontológico que diminua essa carga bacteriana e até se necessário medicamentos para aumentar a salivação.

Se o problema não for bucal é necessário investigar diabetes não controlado, alterações intestinais ou de fígado e dieta prolongada.
De qualquer forma a melhor maneira de começar é fazendo o exame.

Autora: Dra. Caroline Calil

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no print

Deixe um comentário

Categorias