Ergoespirometria

A ergoespirometria une o teste ergométrico comum, aquele geralmente realizado em uma esteira com eletrodos no paciente, a uma análise da respiração do paciente. O objetivo é realizar uma avaliação cardiopulmonar da pessoa e entender como o corpo dela responde aos esforços. O teste ajuda a identificar certas patologias e é usado para melhorar o desempenho esportivo de atletas amadores e profissionais.

Se você já fez um check-up anual ‘comum’ é bem provável que tenha realizado um teste ergométrico. Não está se lembrando? Aqui vai uma ajuda: ele é realizado em uma esteira ou bicicleta, com diversos eletrodos no corpo do paciente que caminha (ou pedala) em diferentes velocidades e elevações por certo tempo. Agora, como atleta amador ou profissional, você já ouviu falar de ergoespirometria?

O que é?

A ergoespirometria, também conhecida como teste ergoespirométrico, teste cardiopulmonar ou teste cardiopulmonar de esforço, é a realização de um teste ergométrico tradicional, que analisa o sistema cardiovascular, em conjunto com a avaliação dos gases expirados pelo paciente (sua respiração). É, basicamente, uma análise metabólica que avalia o desempenho do corpo de maneira mais completa. Por esse motivo, o teste é bastante utilizado por atletas amadores e profissionais. A partir da ergoespirometria é possível entender como o corpo da pessoa trabalha e como ele responde à atividade física realizada.

Como é realizado o teste ergoespirométrico?

Assim como no teste ergométrico tradicional, a ergoespirometria é realizada em um ergômetro, um aparelho utilizado para realização da atividade física. Apesar do mais comum ser realizá-lo na esteira, alguns serviços podem executar o exame na própria bicicleta do atleta.

Durante o procedimento, que dura entre oito e 12 minutos ativos, o eletrocardiograma (ECG) avalia a atividade do coração enquanto um espirômetro mede os gases expirados pelo paciente. É possível avaliar a resposta mitocondrial muscular do avaliado.”

A variação de velocidade e carga durante o teste cardiopulmonar vai depender do nível de cada paciente e do encaminhamento médico. Em geral, o teste caminha para o limite do exercício para entender o funcionamento do corpo da pessoa em níveis extremos de esforço.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no print

Deixe um comentário

Categorias