Causas de dor no joelho

Durante a corrida o impacto que cada joelho recebe pode equivaler a 10-12 vezes o peso do corpo do atleta. Além disso, todo o corpo está em movimento, o que gera um atrito dinâmico, ou seja, a cada passo que se dá na corrida o joelho é submetido a 4 forças: peso corporal, rotações do corpo, joelho dobrando (flexão) e joelho esticando (extensão). É como um pistão do motor do carro em movimento, mas muito mais complexo, pois no carro os pistões não giram, apenas sobem e descem.

Esse atrito dinâmico obriga o joelho a receber cargas e exercer contrações musculares muito dinâmicas e às vezes repentinas, como no inicio de uma arrancada, numa mudança de direção, ou correndo em uma ladeira. Agora saiba que, por exemplo, tem sempre 4 músculos contraindo para conseguir correr. Imagine que dois destes músculos cansem (fadiga) antes dos outros dois; pela empolgação o atleta continua correndo e isto gera um desequilíbrio no joelho, que se transforma em dor que se transforma em tendinite.

Poucos corredores fazem um preparo adequado para correr, simplesmente “começam a correr”, porque parece apenas algo mais intenso do que andar, mas não é, muda tudo, esforço, carga, necessidade de qualidade muscular.

Sem falar naquilo que motivou a pessoa a correr, que em 60-70% doas casos é perder peso. Imagine que você está no peso certo, decide correr, mas antes disso põe uma mochila de 20 kg nas costas e sai correndo. É assim que os obesos fazem, estão sempre carregando “uma mochila” nas costas, por isso tem tanta dor após correr.

Como evitar dores nos joelhos ?

O corpo humano sempre tenta cicatrizar, sempre tenta evitar a piora de uma agressão que recebe. Pensando nisso, imagine alguém acima do peso ( mais de 10 kg acima) que começa a correr. Em 30 dias ele está com tendinite. Se ele tratar, realizar um planejamento, vai emagrecer e voltar a correr, desta vez em boas condições. Agora, imagine que ele não para de correr, mesmo com as tendinites, pois ele “precisa emagrecer”. Em 60 dias já começa a ter sinais de desgaste de cartilagem(condromalácea), que podem cicatrizar se ele se tratar, mas não se trata, pois está empolgado. EM 6 meses ele tem uma lesão de cartilagem, uma lesão do menisco ou até do ligamento, o que vai ficando cada vez mais complicado.

A grande vantagem de procurar um ortopedista que trabalhe com medicina esportiva é fazer o planejamento e permitir que o cliente realize exercícios com menor risco de se machucar.

Quais exercícios podem aumentar a chance de lesão no joelho?

  • Exercícios de salto como basquete ou handebol podem causar dores e entorses de joelho.
  • Corridas na areia costumam forçar o joelho de forma irregular, principalmente em praias de tombo.
  • Corridas de aventura, subindo ou descendo ladeiras podem causar entorses e tendinites.

Como podemos ver, cada esporte tem sua vantagem e desvantagem. Assim, a natação não causa qualquer problema em joelhos, por este motivo é o mais indicado para quem está acima do peso, mas deve receber atenção especial, pois pode causar dores em ombros.

Voltando para o Joelho, é fundamental praticar atividade física progressiva, iniciar caminhando, depois corrida em esteira ou em asfalto, para somente depois fazer corridas acima de 6 km. A lesão mais comum em joelho é a dor anterior, que pode ser causada por uma tendinite do tendão patelar, aquele que afetou o Ronaldo fenômeno. Esta tendinite costuma piorar dependendo da distancia e do tipo de terreno, por exemplo, corre descendo uma ladeira pode sobrecarregar o joelho

Quais são os exercicios para  fortalecer o joelho?

Qualquer atividade que movimente a coxa já está fortalecendo o joelho, mas é importante o conceito de equilibrio, pois não adianta só fortalecer o musculo da frente da coxa (Quadriceps), pois vai gerar um desequilibrio e gerar uma tendinite.

Imagine que o joelho (e a coxa) realiza 4 movimentos: para frente(extensão), para trás(flexão), fechando a perna(Adução) e abrindo a perna (Abdução). Voce deve fortalecer exatamente estes 4 grupos musculares, sempre pensando em equilibrar os que fazem movimentos contrários, ou seja: fortalecer igualmente a extensão e a flexão, por exemplo.

Existes vários exercícios que podem ser realizados, mas para isso é interessante que voce procure ajuda profissional.

Tenho uma dor no joelho e ele incha após exercícios, o que é isso?

Epa, agora complicou. Qualquer sinal de inchaço e dor no joelho após atividade física deve ser levado a sério, pois pode ser um sinal de lesão do menisco ou da cartilagem.

É importante procurar ajuda de um ortopedista especialista em joelho.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no print

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias