Artroscopia do pé e tornozelo

Autor: Dr. Carlos Daniel de Castro Filho

A artroscopia é um procedimento cirúrgico que cirurgiões ortopedistas utilizam para visualizar, diagnosticar e tratar problemas dentro de uma junta. A palavra artroscopia vem de duas palavras gregas, “arthro” (junta) e “skopein” (observar). O termo literalmente significa “observar dentro da junta”.

Em um exame artroscópico, um cirurgião ortopedista efetua uma pequena incisão (corte) na pele do paciente e então introduz instrumentos do tamanho de uma caneta, os quais contêm um sistema de lentes e de iluminaç&ati lde;o para aumentar e iluminar as estruturas de dentro da junta. A luz é transmitida através de fibras ópticas para o artroscópio, que é inserido dentro da junta. Acoplando esse artroscópio a uma câmera de televisão em miniatura, o cirurgião é capaz de observar o interior da junta através dessa pequena incisão, ao Invés de efetuar uma grande incisão que seria necessária para a realização de uma cirurgia.

A câmera de televisão exibe a imagem da junta em uma tela de televisão permitindo ao cirurgião observar, por exemplo, em joelhos, as cartilagens e ligamentos. O cirurgião pode determinar a severidade e o tipo de lesão e então, se necessário, reparar ou corrigir o problema.

Embora a cirurgia de artroscopia ter atraído grande atenção pública por ser utilizada para tratar de atletas conhecidos, ela é uma ferramenta muito valiosa para todos os pacientes ortopédicos e é geralmente menos agressiva ao paciente do que uma cirurgia normal. A maioria dos pacientes submetidos a cirurgias artroscópicas estão em casa algumas horas após o procedimento.

Os pequenos cortes necessitam de alguns dias para cicatrizarem. A bandagem de operação pode ser removida, geralmente na manhã seguinte e fitas adesivas podem ser utilizadas para cobrir as pequenas incisões.

Embora os cortes sejam pequenos e a dor na junta que sofreu a cirurgia seja mínima, são necessárias várias semanas para que a junta se recupere completamente. Um programa específico de atividade e reabilitação pode ser sugerido para apressar a sua recuperação e proteger as futuras funções das juntas.

É comum pacientes voltarem ao trabalho ou às suas atividades normais em alguns dias. Atletas e pacientes que estão em boas condições físicas podem retornar às suas atividades atléticas em alguns dias. Lembre-se que as pessoas que sofrem uma artroscopia podem apresentar diferentes diagnósticos e diferentes condições preexistentes; de forma que cada artroscopia é única a cada paciente. O tempo de recuperação irá refletir essa individualidade.

As indicações para artroscopia do tornozelo aumentaram muito nos últimos anos, e continuam a evoluir. O avanço tecnológico e científico permitiu que diversas patologias, antes tratadas com cirurgias abertas e invasivas, pudessem ser tratadas de forma muito satisfatória por meio de cirurgia artroscópica hoje em dia. Lesões de cartilagem, fraturas intra-articulares, lesões ligamentares, síndrome do impacto anterior ou posterior do tornozelo, ossículos acessórios, bursites, sinovites, corpos livres intra-articulares e muitos outros problemas do pé e do tornozelo podem ser tratados exclusivamente ou com auxílio da artroscopia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp