Medicina esportiva

(11) 3050-5123

(11) 3887-5123

(11) 94010-7986

Slide background

Medicina esportiva

A Avaliação Médica de Corredores é um procedimento da medicina esportiva extremamente necessário para a prática segura do esporte. É importante que ela seja realizada com um intervalo de no máximo um ano, por iniciantes, pessoas que já correm há algum tempo e até mesmo atletas profissionais.

O que é?

Sem dúvidas, os benefícios de se praticar uma atividade física como a corrida são muitos para a saúde física do corpo e até mesmo psicológica, melhorando o condicionamento físico e prevenindo uma série de doenças no coração, diabetes, entre outras. Mas, é muito importante lembrar que nem sempre a prática é realizada da maneira mais segura.

A medicina do esporte ou medicina esportiva é a área da medicina responsável por orientar qualquer tipo de pessoa em qualquer nível de atividade física, guiando o paciente e auxiliando a conquistar cada um desses benefícios da melhor maneira possível e sempre por meio de práticas saudáveis.

A Avaliação Médica de Corredores é uma das principais medidas dessa Medicina Esportiva para prevenir lesões e acidentes mais graves (até uma possível morte súbita), que avalia a saúde geral do corredor e também auxilia a traçar e conquistar objetivos no esporte. A avaliação é uma etapa muito importante para a realização de uma prática esportiva segura e pode e deve ser realizada tanto por iniciantes, quanto por pessoas que já praticam o esporte e até atletas profissionais.

Em outras palavras, a Avaliação Médica de Corredores funciona como um “check-up esportivo” que vai analisar todo o histórico do corredor e identificar possíveis riscos, como predisposição a ataques cardíacos, problemas de pressão, alterações ou doenças ósseas, com a ajuda de alguns exames e entrevistas médicas. Ela deve funcionar como um complemento às atividades físicas e é recomendável que seja realizada logo antes de começar a prática, sempre por um médico esportivo.

Quem deve fazer?

A Avaliação Médica de Corredores, assim como a medicina do esporte em si, deve ser procurada tanto por pessoas que estão pensando em iniciar a prática da corrida, quanto por pessoas que já correm ou ainda por atletas profissionais. É recomendável ainda que ela seja realizada pelo menos uma vez a cada ano e, no caso de pessoas com necessidades mais específicas (que possuam algum quadro de doença cardíaca, por exemplo, ou atletas em treinos intensivos especiais que visam uma competição), esse tempo pode ser diminuído de acordo com cada caso e orientação médica.

Como funciona?

Existem basicamente duas principais etapas do “check-up esportivo”. Primeiro, na avaliação clínica, o médico especialista em medicina esportiva deve fazer uma entrevista com o paciente – no caso de primeiras consultas –, levantando histórico esportivo e de saúde geral. É importante que o paciente seja o mais fiel possível nas respostas e inclua também uso de medicamentos, lesões anteriores (mesmo que haja dúvidas), histórico familiar ou qualquer outra informação que julgue relevante. Além da entrevista, é comum que o médico realize ainda os procedimentos chamados de antropometria, bioimpedância, perimetria e baropodometria, que são responsáveis por medir peso, altura, IMC (Índice de Massa Corporal), pressões da planta do pé, tronco, abdome, coxas e demais músculos do corpo. As medidas são muito importantes na avaliação não apenas para fazer o acompanhamento da evolução do paciente, mas também para identificar doenças metabólicas, cardiovasculares, bem como necessidade de fortalecimento localizado em algum músculo específico. Há nessa etapa, além disso, uma avaliação de postura e de força muscular e flexibilidade ou simplesmente amplitude de movimento.

A partir da avaliação clínica, o médico identificará a necessidade de exames complementares, que fazem parte da segunda etapa da Avaliação Médica de Corredores. Aqui, podem ser solicitados exames como eletrocardiograma (que ajuda a identificar riscos de morte súbita), radiografia, exames de sangue, ergoespirometria (um tipo de teste cardiopulmonar), glicemia (para identificar diabetes), triglicérides (um tipo de gordura relacionado à ingestão de carboidratos), colesterol, ácido úrico (utilizado no diagnóstico de doenças que envolvem o acúmulo da substância no organismo, além de identificar necessidades relacionadas a hidratação e consumo de proteínas), entre muitos outros. Os exames podem variar bastante de acordo com o histórico do paciente, com o que foi identificado pelo médico ou relatado pelo paciente

Atendimento

(11) 3050-5123 / (11) 3887-5123

(11) 94010-7988

(11) 94010-7988 (WhatsApp)

Atendimento

(11) 3050-5123

(11) 3887-5123

(11) 94010-7988

Fale conosco

Queremos ouvir suas críticas e sugestões

Redes sociais

facebook2instagram2

INA - Instituto do Atleta

Rua Bento de Andrade, 252
Jd. Paulista - São Paulo, SP
CEP: 04503-001

(11) 3050-5123 / 3887-5123
(11) 94010-7988
(11) 94010-7988 (WhatsApp)

Responsável Técnico

Dr. Carlos Andreoli
CRM: 79.968
- Ortopedia
- Especialista em ombro e cotovelo
- Especialista em joelho
- Medicina esportiva