Medicina esportiva

(11) 3050-5123

(11) 3887-5123

(11) 94010-7986

Slide background

Medicina esportiva

Atualmente contamos com diversos recursos tecnológicos que estão ajudando diretamente a medicina esportiva a ter melhores resultados tanto na prevenção quanto na recuperação de lesões em atletas ou praticantes de atividade física. Nesse artigo citaremos a avaliação isocinética.

Já é possível avaliarmos o paciente de uma forma precisa em relação a força muscular de determinada articulação, a avaliação isocinética nada mais é do que verificarmos a força de cada membro, saber os desequilíbrios musculares, e a partir daí estabelecer um treino de academia específico, sabendo aonde estão as desvantagens que precisam ser melhoradas, prevenindo as lesões musculares. No caso de pós cirurgia, o teste é muito importe para podermos dar continuidade ao tratamento, tendo mais segurança na volta a atividade física pois ela consegue dar em números e porcentagens o nível muscular da articulação.

A avaliação isocinética então permite o estudo da função dinâmica dos músculos através da avaliação quantitativa do arco de movimento, da força e de variáveis do desempenho muscular.

Esta avaliação consiste na aplicação de uma resistência variável denominada acomodativa, a uma contração muscular voluntária máxima durante movimento angular constante. A velocidade do movimento é fixa, controlada e pré-selecionada. Avalia a força muscular desenvolvida pelos grupos musculares através do pico de torque, da capacidade do músculo em desenvolver força ao longo do arco de movimento (potência); do trabalho total que é avaliado pela área da curva do torque e arco de movimento (quanto mais uniforme a curva melhor é a distribuição de força ao longo do arco de movimento); resistência muscular através do índice de fadiga (capacidade em manter determinada atividade).

A avaliação pode ser aplicada no eixo das articulações de tornozelo, joelho, quadril, punho, cotovelo, ombro e coluna.

Ao realizar o teste o indivíduo obtém os seguintes dados:

  • Força máxima e média;
  • Força desenvolvida em relação ao peso corporal;
  • Comparação da força entre os lados direito e esquerdo (lesado e não-lesado);
  • Potência do músculo testado;
  • Relação de equilíbrio entre os músculos que realizam o movimento;
  • Resistência do músculo testado.

Por permitir analisar esses dados, a avaliação isocinética mostra-se adequada para avaliação muscular dinâmica em relação às outras existentes. O dinamômetro isocinético permite a avaliação objetiva e direta. Com tais dados é possível também definir deficiências de força, potência e resistência de um grupo muscular.

Avaliação

O avaliador escolhe as velocidades necessárias para que se possa conseguir os dados acima e o paciente realiza o exercício para a articulação que precisa ser testada, desempenhando sua força máxima. A resistência do dinamômetro isocinético varia de acordo com a força aplicada pelo paciente; portanto, quanto mais força fizer, mais resistente o aparelho fica e vice-versa. A isso chamamos resistência acomodativa.

Desta forma, a avaliação se realiza de forma segura, pois o aparelho sempre vai responder de acordo com a capacidade individual, com uma carga adequada de trabalho. Diferentes movimentos podem ser avaliados e tratados e todas as principais articulações do corpo são capazes de serem avaliadas/tratadas. O aparelho pode ser usado também para treinamento muscular com resultados significativos no ganho de força e equilíbrio muscular.

Vantagens

  • A avaliação oferece dados bastante objetivos e válidos que permitem direcionar um programa de treinamento e/ou reabilitação;
  • Há diminuição da sobrecarga muscular, visto a resistência do aparelho contra o movimento a ser realizado. Portanto, se o paciente apresentar dor durante o movimento ele responderá com diminuição de força e o aparelho imediatamente diminuirá a resistência fornecida, oferecendo acomodação para dor e fadiga;
  • Permite que o músculo seja exercitado com o máximo de força durante todo o movimento, uma vez que a velocidade do exercício é controlada;
  • Permite reprodutibilidade de teste para comparação de resultados antes e depois de um período de reabilitação/ treinamento;
  • Permite isolar grupos musculares, determinando onde ocorrem os déficits.

Indicações

  • Para atletas, a fim de avaliar risco de lesões e orientar seu programa de treinamento/ reabilitação;
  • Para pessoas que sofreram lesões do sistema músculo–esquelético (músculos, articulações, ligamentos, tendões);
  • Para indivíduos que foram submetidos a cirurgias – para avaliação dos resultados pós-reabilitação.

Contra-indicações

A avaliação está contra-indicada em situações de muita dor, limitação severa da amplitude articular, inchaço importante, lesão muscular aguda, luxação aguda ou hipertensão arterial não controlada, problema discal agudo (lombalgia aguda, por exemplo), fratura não-consolidada, gravidez, epilepsia, aneurisma, problema pulmonar ativo, cirurgia recente etc.
A avaliação isocinética já é utilizada em quase todos os clubes de ponta do esporte mundial. Nos anos de 2012 a 2015 a avaliação foi utilizada e coordenada pelo Fisioterapeuta Gregory Buck no programa de treinamentos com os jogadores de basquete da Winner Limeira, apresentando bons resultados na prevenção de lesões durante a temporada, sendo o time que menos apresentou lesões nesses anos no campeonato brasileiro de basquete.

Vale a pena ressaltar que a avalição isocinética é apenas uma das ferramentas para profissionais da área da saúde e departamentos médicos, cabe a esses profissionais em cima dos resultados prescreverem o melhor tratamento e treinamento para o paciente ou atleta.

Atendimento

(11) 3050-5123 / (11) 3887-5123

(11) 94010-7988

(11) 94010-7988 (WhatsApp)

Atendimento

(11) 3050-5123

(11) 3887-5123

(11) 94010-7988

Fale conosco

Queremos ouvir suas críticas e sugestões

Redes sociais

facebook2instagram2

INA - Instituto do Atleta

Rua Bento de Andrade, 252
Jd. Paulista - São Paulo, SP
CEP: 04503-001

(11) 3050-5123 / 3887-5123
(11) 94010-7988
(11) 94010-7988 (WhatsApp)

Horário de atendimento
Segunda a sexta - das 7h às 21h

Responsável Técnico

Dr. Fabiano Cunha
CRM: 87.103
- Ortopedia
- Especialista em ombro e joelho
- Ondas de choque