Medicina esportiva

(11) 3050-5123

(11) 3887-5123

(11) 94010-7986

Slide background

Medicina esportiva

A Medicina Esportiva vai muito além do tratamento de lesões. Ela busca na prática do esporte proporcionar qualidade de vida para os pacientes, desde atletas profissionais a corredores de final de semana.

Você já ouviu falar em médico do esporte? Se já, você achou que ele era o responsável por tratar jogadores de futebol que sofreram alguma lesão? Acontece que a Medicina Esportiva vai muito além de tratar atletas de alta performance que se machucaram. Nesse artigo você vai entender mais sobre a Medicina do Esporte e o que ela faz e pode fazer – inclusive por você.

O que é a Medicina Esportiva ou Medicina do Esporte?

A Medicina Esportiva é uma especialidade médica, assim como a ortopedia e cardiologia, por exemplo. O principal objetivo dela é utilizar a atividade física como ferramenta para três pilares: a prevenção, o tratamento e a reabilitação.

A especialidade utiliza os benefícios comprovados que a prática do esporte produz no corpo humano, tratando cada caso de maneira única e exclusiva.

Um dos enganos mais comuns é achar que a Medicina Esportiva só pode ser ‘aplicada’ em atletas de alto nível, como jogadores e corredores profissionais. Na verdade, ela é uma especialidade voltada para todas as pessoas, de ambos os sexos e de todas as idades.

O médico do esporte investiga a vida do paciente, seja ele sedentário ou competidor olímpico, a fim de conhecer o corpo e os objetivos de cada pessoa que entra no consultório. Tudo é importante em uma consulta com o médico do esporte: histórico de doenças pessoal e na família, possíveis sintomas, alimentação, qualidade de sono, exercícios que mais gosta de praticar, medicação que toma, atividades físicas que realiza...

Os exames e testes também são essenciais na Medicina Esportiva. O check-up é composto por um Eletrocardiograma, que avalia o ritmo do coração, o Teste Ergométrico – também conhecido como Teste de Esforço Cardiovascular, realizado para avaliar o funcionamento cardiovascular em repouso e durante esforço, além de exames de sangue complementares.

Os médicos do esporte também realizam um exame bastante conhecido hoje em dia, o teste de Bioimpedância. Basicamente, ele serve para descobrir a composição de um corpo: o quanto dele é composto por massa magra, água e gordura. Testes de Pisada e Baropodometria também podem ser realizados para evitar lesões futuras e danos durante a prática das atividades físicas.

A conversa no consultório e o check-up esportivo têm como objetivo analisar quem é o paciente naquele momento, como seu corpo está e o que ele precisa. Nessa hora também é questionado qual o objetivo do atleta (amador ou não): emagrecimento, aumento no desempenho, ganho de massa muscular, tratamento de lesões – ou prevenção delas, tratamento de doenças como hipertensão, entre outros.

Com as informações do check-up esportivo e o questionário clínico, o médico pode indicar o melhor esporte para o paciente; redefinir objetivos com base nos dados apresentados; elaborar um plano de ação com etapas; tratar lesões; avaliar a necessidade de suplementação e também conversar sobre a dieta do esportista.

Quando devo procurar um médico do esporte?

Se você joga bola de domingo, corre todos os dias, vai à academia três vezes por semana, treina para maratonas ou faz uma caminhada no parque de vez em quando... A resposta ideal para essa pergunta seria: sempre e regularmente.

O corpo precisa de cuidados e acompanhamento. Colocar ele para se exercitar é extremamente benéfico, mas se a realização da atividade esportiva não for correta, o preço a se pagar pode ser caro. Então, mesmo que você faça pouco exercício é importante procurar um médico do esporte e consultar-se regularmente, inclusive para avaliar seu progresso.

Além disso, vale lembrar que alunos de academias devem apresentar de tempos em tempos uma avaliação que habilite-o/a para a prática de exercícios.

Como encontrar um médico especialista em Medicina Esportiva?

O médico do esporte pode ser um ortopedista, cardiologista ou reumatologista que se especializou em Medicina do Esporte. Apesar de ainda não ser muito comum, o número de especialistas na área cresce constantemente.

No INA, além de encontrar médicos do esporte é possível realizar tratamentos em outras especialidades que atuam aliadas à Medicina Esportiva. A fisioterapia, por exemplo, caminha lado a lado na prevenção e reabilitação de lesões.

Doenças crônicas

Um dos objetivos da prática esportiva é o acompanhamento e auxílio no tratamento de doenças crônicas. Alguns casos de hipertensão e diabetes, por exemplo, podem regredir com a união dos tratamentos médicos adequados, incluindo a prática de exercícios físicos.

Nesses casos, o profissional especialista em Medicina Esportiva trabalha em conjunto com outros médicos, buscando resultados satisfatórios para o paciente.

Qualidade de vida 

Com todas essas informações é possível perceber que o principal objetivo da Medicina Esportiva é proporcionar qualidade de vida para os pacientes, sejam eles profissionais do esporte ou amadores que entendem os benefícios de manter o corpo ativo

Atendimento

(11) 3050-5123 / (11) 3887-5123

(11) 94010-7988

(11) 94010-7988 (WhatsApp)

Atendimento

(11) 3050-5123

(11) 3887-5123

(11) 94010-7988

Fale conosco

Queremos ouvir suas críticas e sugestões

Redes sociais

facebook2instagram2

INA - Instituto do Atleta

Rua Bento de Andrade, 252
Jd. Paulista - São Paulo, SP
CEP: 04503-001

(11) 3050-5123 / 3887-5123
(11) 94010-7988
(11) 94010-7988 (WhatsApp)

Responsável Técnico

Dr. Carlos Andreoli
CRM: 79.968
- Ortopedia
- Especialista em ombro e cotovelo
- Especialista em joelho
- Medicina esportiva