Fisioterapia

(11) 3050-5123

(11) 3887-5123

(11) 94010-7986

Slide background

Fisioterapia

Causas associadas à Lesão

  • Falta de aquecimento muscular prévio á atividade física
  • Desequilíbrio muscular (Diferenças de força muscular entre os grupos musculares, principalmente de coxa e quadril)
  • Excesso de treinamento, causando fadiga muscular
  • Fatores predisponentes, como, alterações anatômicas, fraqueza dos músculos estabilizadores de quadril e joelho e sobrepeso
  • Falha na técnica de execução da atividade física

Sintomas

É caracterizado por falseio ao caminhar e instabilidade, principalmente às atividades do dia a dia, como subir e descer escadas. Normalmente no momento da lesão já acontece uma resposta inflamatória, que vem acompanhado de dor, edema (inchaço), aumento de temperatura na região do joelho e perda de função (Dificuldade de colocar o pé no chão, já sentindo a instabilidade).

Reabilitação

Raramente a instabilidade diminui sem a necessidade de intervenção cirúrgica, porém a reabilitação já pode começar no pré operatório, com o uso de gelo na região de joelho, utilizando o do método PRICE (Proteção + Repouso + gelo (Ice) + Compressão + Elevação), e o fortalecimento da musculatura de coxa e quadril, como o quadríceps e os músculos Glúteos, que são os responsáveis pela estabilidade dinâmica do joelho, associado ao uso da eletroestimulação, para auxílio do recrutamento muscular.

A fisioterapia pode ser iniciada no primeiro dia após a cirurgia, com a utilização de medidas analgésicas (eletroanalgesia), controle inflamatório (Laser e Ultrasom terapêutico), ganho de flexibilidade e amplitude de movimento, que se encontra restrito devido a cirurgia, através de terapias manuais e liberações cicatriciais. Com a melhora do quadro doloroso, gradualmente é feito o ganho de amplitude de movimento até a flexibilidade total do membro, o ganho de força muscular específico, com evolução para exercícios mais intensos.

Quando se tem o recrutamento ideal da parte muscular, acontece a evolução para o treino de gesto esportivo e correção de movimento, para preparar o praticante de atividade física ao retorno esportivo, tentando simular todos os movimentos na fisioterapia.

A alta fisioterapêutica acontece por volta de seis meses, que é quando se tem a garantia de que o praticante de atividade física, ou atleta, tenha um bom recrutamento muscular e um bom controle de movimento, para que não aconteça uma recidiva.

 

Para mais informações acesse o portal de fisioterapia do INA:
www.inafisioterapia.com.br

Atendimento

(11) 3050-5123 / (11) 3887-5123

(11) 94010-7988

(11) 94010-7988 (WhatsApp)

Atendimento

(11) 3050-5123

(11) 3887-5123

(11) 94010-7988

Fale conosco

Queremos ouvir suas críticas e sugestões

Redes sociais

facebook2instagram2

INA - Instituto do Atleta

Rua Bento de Andrade, 252
Jd. Paulista - São Paulo, SP
CEP: 04503-001

(11) 3050-5123 / 3887-5123
(11) 94010-7988
(11) 94010-7988 (WhatsApp)

Responsável Técnico

Dr. Carlos Andreoli
CRM: 79.968
- Ortopedia
- Especialista em ombro e cotovelo
- Especialista em joelho
- Medicina esportiva