Fisioterapia

(11) 3050-5123

(11) 3887-5123

(11) 94010-7986

Slide background

Fisioterapia

 

Quando se inicia uma atividade física sentir dor é inevitável. Isso acontece tanto com iniciantes como com atletas, mas o importante é saber até que ponto ela é considerada normal ou se ela está prejudicando a saúde. Se você é um iniciante, se não pratica exercícios físicos há tempos, qualquer que seja a atividade irá causar dores musculares no dia seguinte podendo se prolongar até mais dois dias. O nosso organismo precisa de um tempo para se adaptar a novos esforços. No sistema muscular, irá ocorrer micro rupturas nos grupos musculares solicitados durante o exercício e acúmulo de ácido láctico, gerando no organismo um processo de defesa que leva a um processo inflamatório. Além da parte muscular, você também irá sentir novas adaptações em outros sistemas como o metabólico, o cardiovascular, etc. 

Se você fizer o mesmo treino por um determinado período (em média de 2 a 3 meses) o seu organismo irá se adaptar a intensidade do exercício feito e esta dor irá desaparecer aos poucos. Mas sempre que você fizer exercícios físicos ou atividades físicas diferentes ou aumentar a intensidade dos exercícios que já está fazendo ou ainda ficar um tempo sem fazer os exercícios e voltar aos mesmos proporcionando novos estímulos ao corpo, esta dor aparecerá. Os treinos mais intensos darão maior probabilidade a que isto aconteça, por isso os atletas também aprendem a conviver com a dor e evitar lesões. Não é que seja preciso sentir dor para fazer exercícios, e que estes surtam efeito, aliás, se você sente dor durante o exercício é sinal de que está forçando além do que deve ou que já é hora de parar e diminuir o ritmo ou a intensidade do exercício. Agora tudo depende do seu objetivo. Se você quer melhorar a sua performance, aumentar a massa muscular e melhorar o seu condicionamento cardiorespiratório deverá trabalhar com limites e treinos mais intensos podendo causar estas dores musculares nos dias seguintes ao exercício executado. Se você treinou e sentiu dor no dia seguinte, procure treinar outros grupos musculares ou fazer atividades com menor intensidade para não piorar a situação. Por isso é muito importante fazer uma avaliação física antes de iniciar os exercícios e conhecer exatamente o seu nível de condicionamento, trabalhando de forma adequada com a intensidade certa que possa lhe proporcionar melhora no rendimento sem causar lesões, respeitando o seu limite. 

Fazer compressas de gelo, que é um processo anti-inflamatório, pode ajudar a diminuir a inflamação nos músculos. Faça pelo menos 2x por dia por 10 minutos. Algumas pessoas precisam tomar um anti-inflamatório, mas nestes casos é essencial que um médico faça a prescrição do melhor medicamento para você. 

Não esqueça de fazer muito alongamento antes e depois dos exercícios, pois estes também ajudam a relaxar a musculatura depois do esforço. Respeite o período de repouso não treinando o mesmo grupo muscular em dias seguidos ou alternando atividades intensas com atividades moderadas em dias seguidos. Se estiver com muita dor não treine

Sabe-se que a prática regular e adequada de exercícios físicos, reduzem a mortalidade decorrente de doenças cardiovasculares e de determinados tipos de câncer, além de regularizar o nível da pressão arterial, a taxa de colesterol e o metabolismo de açúcares no organismo. O início de qualquer atividade física começa com uma avaliação médica prévia. Uma avaliação bem feita é aquela que utiliza critérios e protocolos bem selecionados e estabelecidos, fornecendo dados quantitativos e qualitativos que indique, a real situação em que se encontra o iniciante. Só é possível fazer um programa de exercícios com qualidade e segurança com uma avaliação física em que se utilize metodologia, protocolos e critérios de avaliação adequados.

Os cuidados, que o iniciante deve ter, devem nortear vários aspectos, dentre eles:

  • A aptidão física para o esporte escolhido
  • O condicionamento físico e cardiovascular apropriado
  • A utilização de roupas e calçados adequados
  • O meio ambiente onde o esporte será desenvolvido e praticado
  • A utilização de materiais de boa qualidade
  • Estar ciente das lesões específicas decorrentes das várias modalidades esportivas

O importante é sempre fazer o que gosta, andar, correr ou nadar, qualquer exercício é bom, ainda mais quando combinado a uma alimentação balanceada. Para quem quer perder peso, exercícios aeróbicos associados a refeições balanceadas são necessários. Além disso, quem faz atividade física tem que estar atento na quantidade de água que está perdendo. A reposição hídrica é muito importante para o bom funcionamento do organismo. Beba água antes, durante e depois da atividade física.

As Lesões desportivas:

Veem-se muitas pessoas saírem praticando exercícios sem o mínimo de cuidado na realização das mesmas. Execução de forma incorreta, ignorar um aquecimento prévio e um alongamento, exagero na quantidade, falta de orientação individualizada dos profissionais e, muitas vezes, até a sua própria falta de conhecimento, são alguns dos fatores que causam tantas lesões e problemas aos praticantes.

Falar em lesões na corrida requer uma avaliação individualizada da pessoa, em questão do piso em que se realizam as corridas, da sua frequência, enfim, existem vários fatores que influenciam nas lesões.

Sem dúvida alguma, é durante a prática de atividade física e esportes que ocorre a maioria das lesões musculares. Certamente esta frequência maior decorre do uso intenso dos músculos nos limites máximos de suas capacidades fisiológicas.

Podem-se dividir as lesões musculares em dois grupos. As lesões traumáticas devidas a causas externas, resultando em um ferimento do tipo contusão, ou as lesões internas, nas quais o agente traumático é a própria força muscular, ocorrendo por contração exagerada ou descoordenada. Estas últimas podem ser classificadas de acordo com a sua gravidade, indo desde leves distensões até os estiramentos que podem, inclusive, promover a ruptura total do músculo comprometido.

Portanto, para você que vai começar uma determinada atividade física, procure um profissional da área e certifique-se da sua aptidão para o esporte escolhido; condicione-se fisicamente; utilize roupas e calçados adequados e de boa qualidade, logo além de melhorar sua saúde e qualidade de vida, você vai prevenir lesões relacionadas a prática esportiva.

Atendimento

(11) 3050-5123 / (11) 3887-5123

(11) 94010-7988

(11) 94010-7988 (WhatsApp)

Atendimento

(11) 3050-5123

(11) 3887-5123

(11) 94010-7988

Fale conosco

Queremos ouvir suas críticas e sugestões

Redes sociais

facebook2instagram2

INA - Instituto do Atleta

Rua Bento de Andrade, 252
Jd. Paulista - São Paulo, SP
CEP: 04503-001

(11) 3050-5123 / 3887-5123
(11) 94010-7988
(11) 94010-7988 (WhatsApp)

Horário de atendimento
Segunda a sexta - das 7h às 21h

Responsável Técnico

Dr. Fabiano Cunha
CRM: 87.103
- Ortopedia
- Especialista em ombro e joelho
- Ondas de choque